Friday, November 18, 2011

Usina Hidroelétrica de Belo Monte x Usina Nuclear de Angra III

Belo Monte vai destruir uma área de 516km² da floresta amazônica, criando todos os problemas relacionados a este fato, terá potência máxima de geração de 11GW na época de chuva no Xingu, e 1GW na época da seca, tendo, então uma potência média de geração de energia em torno de 4GW, e vai custar R$ 30 bilhões. Angra III, gerará 1,35GW de energia quando estiver pronta, sem depender de chuva, cobrindo uma área menor que 1km², e tem um custo total de R$8,5 bilhões. Concluindo, 3 usinas nucleares como Angra III conseguem produzir a mesma quantidade de energia que Belo Monte na média, cobrindo uma área total ainda menor que 1km², e custando R$25,5 bilhões.

Agora, sobre os resíduos radioativos. A energia gerada por usinas nucleares nos EUA em 2010 foi de 807 bilhões de kWh, o que nos dá uma potência média de 224GW (http://www.world-nuclear.org/info/inf41.html ). Todas essas usinas juntas geram em torno de 2000 toneladas de resíduos por ano (ver http://www.epa.gov/cleanenergy/energy-and-you/affect/sw-generation.html). Agora vamos imaginar 3 usinas como Angra III, com um potência de geração total de 4,05GW, e proporcionalmente, gerará cerca de 36 toneladas de resíduos por ano. A maior parte dos resíduos radioativos deve ser urânio. Uma tonelada de água tem 1m³, mas como o urânio tem uma densidade 19 vezes maior que a da água, 1 tonelada de urânio tem um volume 19 vezes menor, o que nos dá um volume de 0,053m³, ou seja, durante o ano, as 3 usinas produziriam 1,9m³ de resíduo. Mas vamos exagerar um pouco, e como nem todo o resíduo é urânio, e ainda temos que concretar e isolar o material, então consideramos que a densidade será a metade da densidade do urânio, e o volume anual de resíduos gerados será 3,8m³. O volume total coberto pela represa e pela barragem de Belo Monte serão de 25 milhões de m³, ou seja, as 3 usinas precisariam de 6,5 milhões de anos para encher o mesmo volume com resíduos radioativos!

Agora me digam qual é a energia limpa!? Qual é mesmo a mais eficiente?

4 comments:

Marcelo Para' said...

O meu problema com Angra 3 é que os equipamentos estão (estavam) encaixotados por 25 anos! Como é que você vai confiar a segurança de uma usina nuclear a equipamentos completamente ultrapassados que estavam dentro de caixotes por 25 anos! A Alemanha decidiu fechar todas as usinas nucleares. A Siemens, que fabricou os equipamentos que o Brasil comprou a 25 anos atrás, declarou esse ano que saiu do ramo nuclear.
Apoiar a energia nuclear é uma coisa, apoiar Angra 3 é outra bem diferente.

Gustavo A. Lima said...

Eu sei, cara! Angra III foi só um exemplo, e deveria ter sido construída há mais de 20 anos. Não gosto da ideia de utilizar esse equipamento obsoleto também, não, mas de qualquer forma ainda é melhor que a hidroelétrica lá.

Luis Henrique Lancellotti Zapparolli Pupin said...

Voce só esqueceu de fazer uma média um pouco mais trabalhada na hora de pesar a quantidade de energia média que será produzida por belo monte. se voce conseguir fazer uma média ponderada levando em consideração quantos meses de cheia e quantos meses de seca tem o xingu; além de considerar essa variação devido a efeitos climaticos maiores como el niño e la ninã que afetam esses meses de seca e cheia; e também, considerar um regime probabilistico de variação anual desses períodos de cheia e de seca, eu vou começar a acreditar nessas coisas que voce postou. Não se dê ao trabalho de fazer isso, já fizeram e chegaram a conclusão que se está construindo a terceira maior usina hidrelétrica do mundo, não em tamanho, mas em produção de energia.

Gustavo A. Lima said...

Bom, Luiz Henrique, eu não queria gastar mais de 30 minutos fazendo essas contas, e simplifiquei bastante as considerações feitas. E eu não estou discutindo sobre a capacidade de produção de energia, queria comparar a eficiência energética de ambas, em relação à area utilizada (ou inutilizada), e ao valor de custo.